S√£o v√°rias as tecnologias de aquecimento eficientes dispon√≠veis no mercado e nem sempre √© f√°cil para os consumidores saberem, com certeza, qual a solu√ß√£o que preferem. H√° muito informa√ß√£o, nem sempre f√°cil de entender ou esclarecedora o suficiente. Para ajudar os consumidores, resumimos a informa√ß√£o fundamental a ter em conta na aquisi√ß√£o, instala√ß√£o ou manuten√ß√£o de cada uma das tecnologias num √ļnico artigo com menos de 1.000 palavras.

Caso n√£o o tenha lido, recomendamos o 1¬ļ artigo desta s√©rie de tr√™s artigos: ‚ÄúPorque √© t√£o importante os consumidores saberem mais sobre aquecimento dom√©stico?‚Äú, onde fal√°mos sobre import√Ęncia e impacto do aquecimento,¬† vantagens de ter um aquecimento eficiente e como o HARP vem ajudar a identificar a melhor solu√ß√£o para cada caso. Para quem quiser saber mais, recomendamos o site aquecimento eficiente do projeto HARP.

 

AQUECIMENTO DE √ĀGUA

A primeira decis√£o a tomar √© escolher entre um sistema instant√Ęneo e um sistema por acumula√ß√£o. Para isso, os consumidores t√™m de avaliar se necessitam de √°gua quente num hor√°rio espec√≠fico ou ao longo de todo o dia e qual o caudal necess√°rio. Um agregado onde 4 pessoas tomam banho no mesmo hor√°rio √© diferente de um agregado em que umas tomam de manh√£ e outras ao fim do dia. Se o consumo for pontual recomenda-se um sistema instant√Ęneo, caso o consumo seja para v√°rios¬†usos em¬†simult√Ęneo uma op√ß√£o de aquecimento por acumula√ß√£o √© prefer√≠vel.

 

Em termos de eficiência, os equipamentos a gás ou elétricos vão de A a C (numa escala de A+ a F). Porém, há diferenças, as bombas de calor são as mais eficientes (A ou A+) e os termoacumuladores os menos eficientes (C). Uma das formas de potenciar estes equipamentos é combiná-los com energias renováveis.

 

Em termos de espa√ßo, os sistemas instant√Ęneos t√™m a vantagem de ser os que ocupam menos espa√ßo, de serem mais leve e poderem ser fixados √† parede, al√©m de n√£o precisarem de dep√≥sito.

 

BOMBAS DE CALOR

As bombas de calor garantem aquecimento ambiente, climatiza√ß√£o e/ou prepara√ß√£o de √°gua quente a partir de energias renov√°veis – o ar (aerot√©rmica) e o calor do solo (geot√©rmica), atrav√©s da compress√£o do ar o que faz aumentar a temperatura. √Č certo que a convers√£o √© feita a partir de um compressor que funciona a eletricidade, mas com um consumo reduzido, sendo que esta tamb√©m pode ser renov√°vel. Em qualquer caso, √© a tecnologia mais eficiente, atingindo mais de 100% de efici√™ncia (ou seja, produzem mais energia do que a que consomem).

 

As bombas de calor para aquecimento ambiente, s√£o compostas por dois equipamentos – uma unidade exterior colocada no exterior da habita√ß√£o, varanda/terra√ßo, fachada ou quintal e uma unidade interior (unidades de convec√ß√£o ou piso radiante). Caso se opte por uma solu√ß√£o de piso radiante pode ser necess√°rio termo um terceiro equipamento ‚Äď um dep√≥sito de armazenamento de calor. Uma bomba de calor apenas para prepara√ß√£o de √°guas quentes e sanit√°rias (AQS) √© composta apenas por uma unidade compacta.

 

S√£o algumas as vantagens espec√≠ficas, nomeadamente a flexibilidade perante v√°rias necessidades de aquecimento e limita√ß√Ķes de espa√ßo, a op√ß√£o de arrefecimento do ambiente (pela dissipa√ß√£o do calor) e a melhoria da qualidade do ar interior.

 

Quem optar por uma bomba de calor aerot√©rmica tem de ter em conta que o seu funcionamento √© afetado pelas varia√ß√Ķes de temperatura, ao contr√°rio das geot√©rmicas, que contam com a temperatura constante do solo. Mas aten√ß√£o, uma bomba de calor geot√©rmica exige cerca de 40m2 de jardim livres. √Č tamb√©m importante lembrar que as unidades exteriores emitem algum ru√≠do, devendo a sua localiza√ß√£o ser pensada, por exemplo, para n√£o estar demasiado pr√≥xima dos quartos.

 

O custo de aquisi√ß√£o das bombas de calor √© consider√°vel, mas, por oposi√ß√£o, os custos de opera√ß√£o s√£o muito reduzidos e s√£o equipamentos com uma vida √ļtil m√©dia de 25 anos. As aerot√©rmicas s√£o as mais baratas e as geot√©rmicas as que mais rapidamente permitem recuperar o investimento. No caso, das √°guas quentes um sistema solar t√©rmico poder√° acoplado ao sistema para uma a maior efici√™ncia.

 

CALDEIRAS DE CONDENSAÇÃO

As caldeiras de condensação são equipamentos que utilizam a energia térmica da queima de combustível para produzir calor que pode ser usado para aquecimento ambiente ou produção de águas quentes. Comparativamente com as caldeiras convencionais são mais eficientes porque permitem o aproveitamento dos gases de exaustão para pré-aquecimento da água que entra na caldeira, reduzindo assim o combustível (biomassa, gás ou gasóleo) necessário à caldeira para garantir água quente e/ou aquecimento ambiente.

 

T√™m uma elevada efici√™ncia, superior a 90%, e s√£o solu√ß√Ķes que t√™m a vantagem de ser compactas e poderem mais facilmente instaladas numa cozinha. √Č ainda importante referir que √© imprescind√≠vel ter condi√ß√Ķes exaust√£o e ventila√ß√£o do espa√ßo adequadas para o equipamento funcionar. Por outro lado, requer manuten√ß√£o peri√≥dica por parte de um profissional qualificado.

 

CALDEIRAS DE BIOMASSA

As caldeiras de biomassa seguem o princ√≠pio mais antigo m√©todo de aquecimento ‚Äď as fogueiras. O recurso a caldeiras cada vez mais inovadoras permite que a queima de pellets, estilha, briquets ou outros derivados de madeira atinja hoje uma efici√™ncia superior a 90%. Regra geral, esta biomassa prov√©m do aproveitamento de desperd√≠cios da ind√ļstria da madeira, reduzindo assim o seu impacto ambiental. Existe tamb√©m madeira ou derivados de madeira com certifica√ß√£o de gest√£o sustent√°vel de florestas, com Certifica√ß√£o Florestal FSC e/ou PEFC.

 

Além disso, esta pode ser considerada uma tecnologia limpa. A madeira é considerada uma energia renovável, porque o CO2 libertado na queima da madeira é igual ao CO2 absorvido pela árvore durante o seu crescimento. Assim, considera-se que tem uma pegada carbónica neutra.

 

√Č importante lembrar que em termos de espa√ßo, al√©m da caldeira, √© preciso espa√ßo para armazenamento da biomassa/combust√≠vel para a caldeira. Por outro lado, √© preciso gerir os res√≠duos da queima e limpar regularmente o equipamento.

 

SOLAR T√ČRMICO

Os sistemas solares t√©rmicos s√£o j√° bem conhecidos. Utilizam a energia solar para produzir energia para aquecimento ambiente e prepara√ß√£o de √°gua quente. S√£o duas as op√Ķes dispon√≠veis sistemas – com termossif√£o (acumulador junto ao pr√≥prio sistema) ou por circula√ß√£o for√ßada em que o dep√≥sito de √°guas se encontra noutro ponto da habita√ß√£o. A sua efici√™ncia pode ser superior a 200%, ou seja, podem produzir o dobro da energia √ļtil do que aquela que consomem.

 

Um dos seus pontos fortes é funcionarem também com uma menor exposição solar (irradiação difusa). Naturalmente, a rentabilidade depende da exposição solar, sendo maior se estiver direcionado para Sul. Ainda assim, deve ser combinado com outras fontes de energia que garantam o aquecimento em dias com menor aproveitamento solar.

 

Em termo de poupan√ßa esperada, ela situa-se entre 50% a 90% de redu√ß√£o do consumo de energia, dependendo da altura do ano, das condi√ß√Ķes clim√°ticas e da forma como a √°gua quente √© utilizada. O impacto na redu√ß√£o da fatura e da emiss√£o de gases de efeito estufa (GEE) √© muito significativo. Um painel de 2,5m2 pode evitar a emiss√£o de 1.700 kg de GEE.

 

A sua instalação pode ser feita em telhados, fachadas, varadas ou espaços abertos e pode prever um acumulador de energia para utilização posterior, por exemplo à noite. Os custos de manutenção e operação são reduzidos.

Porque uma alternativa mais ecológica nos beneficia a todos, explore a ferramenta HARPa que vai avaliar o sistema que tem instalado e calcular qual o mais eficiente para o seu caso em particular disponível em www.aquecimentoeficiente.adene.pt.

 

Aproveite ainda para ler e partilhar a série de artigos do HARP:

1 ‚Äď HARP: porque √© t√£o importante os consumidores saberem mais sobre aquecimento dom√©stico?

3 РHARP: como substituir ou planear a substituição de um sistema de aquecimento?