A DECO desafia os consumidores a serem proativos na antecipação das dificuldades com a subida da Euribor.

 

A subida da Euribor vai implicar um aumento significativo na presta√ß√£o da casa ¬†dos consumidores cujo contrato se rege por taxa vari√°vel. √Č com esta preocupa√ß√£o que a DECO alerta os consumidores para em fam√≠lia olharem para o or√ßamento e em conjunto reajustar h√°bitos de consumos, promovendo uma vida financeira mais robusta, preparada para fazer face a imprevistos.

 

Nunca √© demais relembrar os consumidores que o controlo da sua vida financeira est√°, tamb√©m, nas suas m√£os e que existem algumas situa√ß√Ķes que podem ser revistas antes de sentirem as dificuldades.

 

Saber calcular a sua taxa de esfor√ßo, que significa o peso das presta√ß√Ķes face ao rendimento, √© o primeiro passo para conhecer como v√£o as suas finan√ßas (Taxa de esfor√ßo = Presta√ß√£o / Rendimento x 100).

 

Para uma vida financeira equilibrada a taxa de esforço da família não deve ultrapassar os 35%, se for superior é tempo de repensar as suas despesas, necessidades e prioridades, definindo assim uma estratégia envolvendo todo o agregado familiar, para a redução das despesas, renegociando contratos e promovendo a adoção de comportamentos para gastar menos.

 

Pode ainda olhar para as condi√ß√Ķes relativas ao seu empr√©stimo habita√ß√£o. Existem algumas op√ß√Ķes que pode explorar tendo em vista a diminui√ß√£o do valor de presta√ß√£o que paga.

 

√Č importante que mantenha uma rela√ß√£o cordial com o seu Banco e que fale com a institui√ß√£o para explorar as suas op√ß√Ķes.

 

Se o seu spread estiver num valor acima do praticado atualmente no mercado, discuta a possibilidade de o baixar. Este indicador varia consoante o risco que o consumidor representa para a instituição, mas pode ser negociado, por exemplo, podem ser subscritos produtos que permitam diminuir o spread.

 

Pergunte também se é possível alargar o prazo do contrato. Tal  permitirá um alívio imediato na prestação, mas é importante que o consumidor pondere, pois vai pagar o empréstimo por mais tempo, o que significa que ficará mais caro.

 

Simule com outras institui√ß√Ķes de cr√©dito a transfer√™ncia do empr√©stimo. Verifique¬† se existe na concorr√™ncia condi√ß√Ķes mais vantajosas. Por√©m, nunca se esque√ßa de contar com os custos associados √† transfer√™ncia, nomeadamente do reembolso a pagar ao seu Banco por amortiza√ß√£o antecipada do empr√©stimo que se prev√™ ser de 0,5% do capital em d√≠vida.

 

Veja o vídeo que preparámos para ajudar os consumidores a antecipar dificuldades:

 

 

Conte com o gabinete de prote√ß√£o financeira da DECO para o ajudar a esclarecer todas estas quest√Ķes e a orient√°-lo na melhor decis√£o a tomar:¬†contacte-nos atrav√©s da nossa linha de contacto (+351) 213¬†710¬†238, por email para o endere√ßo¬†gas@deco.pt¬†ou diretamente no nosso¬†portal.